graça / grace

Uma economia da encarnação / An economy of incarnation

For English please scroll down

Graça são camadas de tinta e de histórias acumuladas, impressas, misturadas, desbotadas,
dissolvidas nos corpos. Graça é uma oferta, uma dádiva, uma benção que vem de nós para
nós mesmas. É a graça de se reescrever, de se reencarnar nesse mundo. É um estado – de
graça – e um regime que rege uma dança. É uma economia de carne. Uma economia da encarnação.

Duração: 50 min

Um projeto GIRADANÇA + Elisabete Finger


Coreografia: Elisabete Finger
Em colaboração com: Alexandre Américo, Ana Vieira, Jânia Santos, Joselma Soares
Performance: Ana Carolina Vieira, Jânia Santos, Joselma Soares
Direção Artística: Alexandre Américo

A Giradança se compreende enquanto zona de tensões, interessada na relação entre corpos com e sem deficiência em contexto coreográfico.

Fotos do Brunno Martins, durante o processo de gravação do filmedança: Economia da Encarnação / Photos by Brunno Martins during the shooting for the dancefilm: Economy of Incarnation + collage by Manuela Eichner

Grace is layers of ink and accumulated stories. Printed, mixed, faded. Dissolved in bodies. Grace is an offering, a gift, a blessing that comes from us to ourselves. The grace of rewriting yourself, of reincarnating yourself in this world. It’s a state – of grace – and a regime that runs a dance. It’s an economy of flesh. An economy of incarnation.

Duration: 50 min

A GIRADANÇA project + Elisabete Finger

Choreography: Elisabete Finger
In collaboration with: Alexandre Américo, Ana Vieira, Jânia Santos, Joselma Soares
Performance: Ana Carolina Vieira, Jânia Santos, Joselma Soares
Artistic direction: Alexandre Américo

Giradança understands itself as a tension zone, interested in the relationship between bodies with and without disabilities in a choreographic context.